Este é o resultado mais surpreendente do estudo publicado pelo Pew Research Center’s Internet & American Life Project e que contraria a opinião de alguns analistas que previam que a venda de tablets estaria a canibalizar a venda de e-readers.

A verdade é que, desde Novembro do ano passado, a percentagem de norte-americanos adultos que possuía um Kindle, Nook ou outro tipo de e-reader passou de 6% para 12%, ao passo que os possuidores de um tablet apenas cresceu de 5% para 8%.

Contudo, tanto os e-readers como os tablets ficam bastante aquém de outros dispositivos electrónicos, como leitores de MP3 (44%), DVRs (52%), laptops (56 %), desktops (57%), e telemóveis (83%).

Outro dado interessante do estudo do Pew é que apenas 3% da população americana tem em  casa simultaneamente um tablet e um e-reader.

About these ads