A utilização de tipos de letra (fontes) sem serifas era até há pouco tempo o mais recomendável para a leitura em ecrã, devido à baixa resolução dos ecrãs de computador. Fontes com serifas tornavam a leitura mais lenta e cansativa para os olhos, dificultando a legibilidade.
Com o aparecimento dos ecrãs de alta resolução, sobretudo os chamados «retina display» (o iPhone, o novo iPad e o novo MacBook Pro), a questão das serifas deixa de ser tão relevante, mas ainda assim não é possível uma opinião definitiva sobre o assunto, como fica demonstrado na última Alertbox de Jacob Nielsen.

De acordo com Nielsen, fontes como a Verdana poderão ter os dias contados, mas ainda falta percorrer um longo caminho até que as serifas das versões impressas mantenham uma legibilidade semelhante em qualquer ecrã.
photo credit: arnoKath via photo pin cc

About these ads