Ebooks nas bibliotecas públicas

Deixe o seu comentário


141030_LJEbookSurveyO relatório Ebook Usage in U.S. Public Libraries (pdf, 129 pp.), do Library Jounal, traz algumas conclusões interessantes acerca da utilização de ebooks nas bibliotecas públicas dos Estados Unidos da América:

1) 95% das bibliotecas públicas oferecem empréstimo de ebooks (aumentou de 72% em 2010, e de 89% em 2012 e 2013).

2) As bibliotecas dispõem de vasto catálogo com mais de 10 000 ebooks (a dimensão do catálogo é referida como um dos fctores-chave para implementar um sistema de empréstimo de ebooks).

3) Existem mais leitores em tablets do que em dispositivos de tinta electrónica (pela primeira vez, a leitura em smartphones e tablets supera os e-readers).

4) Prevalece a ficção sobre a não ficção (74% dos ebooks lidos são de ficção  e apenas  26% de não ficção).

5) Mais do que ebooks (cada vez mais, bibliotecas incorporam na sua oferta apps educativas e ebooks de autoedição).

Via Comunicación Cultural

Palestra: “A Biblioteca Universitária no Séc. XXI”

Deixe o seu comentário


small__7309896792A Biblioteca da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa organiza, na próxima quinta-feira, 3 de abril, a palestra “A Biblioteca Universitária no Séc. XXI”, onde será apresentada uma refle.xão sobre as tendências nas Bibliotecas de Ensino Superior. O orador convidado será o Prof. Carlos Lopes, que acordará temas como: Comunicar valor; Dados científicos; Preservação digital; Ensino superior; Tecnologias da informação; Mobile; Ebooks; Comunicação científica; Pessoal; Comportamento e expetativas dos utilizadores.

Mais informações aqui.

photo credit: Schub@ via photopin cc

Livros, bibliotecas e o mundo digital em mudança [apresentação]

Deixe o seu comentário


Uma apresentação de Kathryn Zickuhr, investigador do Pew Research Center’s Internet & American Life Project, acerca  da forma com as bibliotecas estão a lidar com a mudança digital e acerca dos hábitos de leitura e de frequência de bibliotecas por parte dos americanos e daquilo que eles esperam das bibliotecas no futuro:

A primeira biblioteca sem livros físicos abre no próximo sábado

Deixe o seu comentário


bibliotech-logoA BiblioTech, a primeira biblioteca sem livros físicos, abre no próximo sábado em  Bexar Country, no Texas (EUA).

De acordo com a informação disponibilizada no site, a BiblioTech oferecerá um catálogo de eBooks da 3M Cloud Library (10,000 títulos na abertura), audiobooks da One-Click Digita e ebooks de aprendizagem de línguas da Mango.

A biblioteca disponibiliza também 500 e-readers (100 enhanced e-readers para crianças)  e 50 computadores, 25 laptops e 25 tablets para utilizar no espaço físico da biblioteca.

Workshop sobre digital storytelling

Deixe o seu comentário


eterna3

No próximo sábado de manhã, entre as 9h30 e as 12h30, irei dinamizar, na Biblioteca Municipal de Sintra, um workshop  sobre digital storytelling como ferramenta pedagógica, no âmbito da 11.ª edição do encontro ETerna Biblioteca. A participação é gratuita para todos os professores e educadores, mas sujeita a uma inscrição prévia obrigatória, até amanhã ao final do dia.

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva tem aplicação para smartphones

Deixe o seu comentário


imageA biblioteca Lúcio Craveiro da Silva acaba de lançar uma aplicação para smartphones que permite, partir de qualquer dispositivo móvel pesquisar no catálogo, ver as próximas atividades a realizar na biblioteca e as novidades. Permite também consultar os empréstimos e reservas e as respetivas datas de devolução. A aplicação está disponível para Windows phone e Android, e brevemente para iPhone e Windows 8.

Empréstimo de ebooks em bibliotecas [estudo]

4 Comentários


emprestimoebooks

O Ministério da Cultura e Comunicação de França e o IDATE publicaram recentemente um interessante relatório sobre empréstimo de ebooks em bibliotecas, analisando pormenorizadamente os casos de Suécia, Grã-Bretanha, Alemanha, Espanha, Holanda e Estados Unidos e comparando a situação francesa com o panorama internacional. Algumas ideias-chave do relatório:

a) Tirando o caso execional da Suécia (todas as bibliotecas têm empréstimo de ebooks) e dos Estados Unidos e Grã-Bretanha, nos restantes países o empréstimo de ebooks em bibliotecas ainda se encontra numa fase embrionária.

b) Mesmo nos países onde já se encontra institucionalizado,  o empréstimo de ebooks não é uma questão pacífica e é fonte de enormes atritos entre bibliotecas e editoras.

c) O modelo de empréstimo é muito diverso e varia de acordo com a plataforma comercial adotada e com a política das principais editoras em relação ao empréstimo de ebooks em bibliotecas.

d) É urgente encontrar um equilíbrio entre os interesses comerciais das editoras e autores e a missão das bibliotecas.

Via Comunicación Cultural

Older Entries

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.144 outros seguidores