É uma das vantagens do digital em relação ao impresso, a facilidade com que as editoras podem reeditar obras esgotadas numa edição à medida do mercado, e uma janela de oportunidade que a Bloomsbury agora abriu. O serviço, que começará a funcionar em Setembro deste ano, tem a designação de “Bloomsbury Reader” e disponibilizará  obras de autores como Alan Clark, Monica Dickens, Edith Sitwell e Bernice Rubens através da loja do Kindle, da Amazon. No total são  mais 500 livros, entre eles alguns clássicos esgotados, e existe também a possibilidade de encomendar a versão impressa.

Via Público