Metas indicativas (número de objectos) para o contributo para a Europeana por Estado-Membro

A União Europeia anunciou, em comunicado de imprensa de 28 de Outubro, a adoção de uma recomendação em que solicita aos Estados‑Membros da UE que intensifiquem esforços, conjuguem recursos e associem o sector privado à digitalização de material cultural. O material digitalizado deve ser disponibilizado através da Europeana, a biblioteca digital europeia, que é também arquivo e museu (ver www.europeana.eu).

A recomendação desafia os Estados-Membros a elaborarem planos sólidos e constituírem parcerias para aumentarem, até 2015, o número de objectos disponíveis na Europeana de 19 milhões para 30 milhões; colocarem em linha mais obras sujeitas a direitos de autor, ou que tenham deixado de ser publicadas; e adaptarem a legislação nacional e as estratégias que garantem a preservação a longo prazo de materiais digitais.

Como se pode ver pelo quadro junto, espera-se que a contribuição portuguesa atinja meio milhão de objetos digitais.