A sul-coreana Kyobo lançou o primeiro e-reader com ecrã Mirasol, tecnologia da Qualcomm que procura combinar as características da tinta eletrónica (baixo consumo de energia, visibilidade em ambientes muitos iluminados) e o LCD (reprodução de cores e vídeos). Graças à chamada tecnologia modular “interferométrica”, o ecrã Mirasol não necessita de retroiluminação e não emite luz, tornando a leitura muito menos cansativa para os olhos e aumentando a autonomia energética do aparelho que, de acordo com a Qualcomm, pode medir-se em semanas.
A Kyobo eReader tem um ecrã capacitivo e multitoque de 5,7 polegadas (1024×768 pixels), Android 2.3 personalizado para leitura de e-books, e um processador Qualcomm S2 de 1GHz. Tem Wi-Fi, mas não 3G, e um preço de 349 000 won, correspondente a 225 euros ao câmbio atual.
Por enquanto, apenas está à venda na Coreia do Sul, mas a Kyobo pretende fazer o seu lançamento no resto do mundo.

Aqui fica um vídeo de apresentação: