«São homens, têm entre os 18 e os 44 anos, e preferem os livros electrónicos porque são mais práticos, pesam e ocupam menos espaço que os livros em papel.» Estas são algumas das conclusões de um estudo da Deco, publicado esta terça-feira e divulgado no jornal Público.

Ouros dados interessantes:

  • Para leitura, o dispositivo preferido é o e-reader, sobretudo o Kindle
  • 41% dos leitores usa os aparelhos várias vezes ao dia.
  • Amazon é a loja preferida,  seguida da iBooks, da Apple, da Mediabooks, do grupo Leya, e da Wook, da Porto Editora.
  • Nos últimos três meses, 75% dos leitores compraram pelo menos um livro na sua língua materna.
  • A ficção (48%) e a literatura contemporânea e clássica (ambas com 46%) lideram as preferências.