A Câmara dos Deputados do Brasil aprovou uma proposta  que obriga o Ministério da Educação a disponibilizar as suas coleções de livros didáticos e paradidáticos, destinados a alunos e professores, também em formato digital. De acordo com a relatora do parecer (deputada Alice Portugal) “Hoje, com o advento de novos suportes de informação, os alunos podem ter acesso aos mais diferentes recursos multimídia e de informática. Nesse sentido, os programas de distribuição de livros didáticos podem e devem se adaptar a essa nova realidade”.

Em Portugal, uma medida desta natureza permitiria poupar alguns milhões de euros e rentabilizar equipamentos informáticos que foram fornecidos às escolas sem equacionar a questão dos conteúdos.

Via Revolução Ebook