Este é um dos resultados do inquérito «ebrary’s Report on Offline and Mobile Access to eBooks», que envolveu cerca de mil bibliotecas americanas (na sua maioria bibliotecas universitárias).  Noventa e dois por cento das bibliotecas inquiridas considera que oferecer acesso offline a ebooks é pelo menos tão importante como o acesso online e cerca de um terço já oferece esse acesso. Quanto ao dispositivo preferido, o tablet da Apple foi o que reuniu maior número de respostas.