Randal Stross faz uma análise do conflito de interesses entre editores e bibliotecas tendo como pano de fundo o ebook. Para ler no The New York Times.