O novo governo espanhol, presidido por Mariano Rajoy, aprovou em conselho de ministros na sexta-feira uma nova norma para lutar contra o download de conteúdos digitais protegidos por direitos de autor e que que prevê o encerramento de sites que facilitem a partilha não autorizada de ficheiros. Conhecida como lei Sinde (nome da ex-ministra da cultura espanhola, Ángeles González-Sinde, que foi a primeira a propor a a regulamentação do sector) a norma não foi implementada pelo anterior governo socialista devido a uma forte oposição nas redes sociais. Paralelamente à aprovação da lei, que deverá entrar em vigor em março, foi também anunciado o fim da taxa de direitos digitais, uma taxa adicional imposta aos utilizadores de equipamentos e consumíveis de gravação audiovisual, e que será substituída por outro sistema de compensação.

Via El Mundo