O Museu Guggenheim (Estados Unidos) vai passar a disponibilizar o catálogo das suas exposições em formato ebook, tendo iniciado o processo com o catálogo da exposição dedicada a Maurizio Cattelan: All.

Os catálogos de exposições, assim como os livros de arte, são um dos géneros que mais terão a ganhar com o formato ebook, tanto no formato tradicional como no enhanced. Com os custos de impressão e do papel, que são uma fatia de importante nos livros de arte ilustrados, reduzidos a zero, a qualidade das imagens garantida pela cada vez melhor resolução dos ecrãs e a facilidade de aquisição a partir de qualquer local, os ebooks de arte poderão de forma fácil levar a arte e os artistas a novos  públicos. Por exemplo, o catálogo de Cattelan, que em papel (256 páginas) custa 50 dólares, na versão ebook fica por menos de metade (19,99).

Um exemplo a ser seguido pelos museus nacionais?

Via Comunicación Cultural