Um estudo recente do Cooney Center demonstra um crescimento das apps de ebooks para crianças e jovens, entre 2009 e 2011, ao contrário das que têm como público-alvo os adultos. As aplicações destinadas a crianças do pré-escolar são inclusivamente a categoria que mais aplicações disponibiliza no universo das apps educativas (58%).

O estudo teve como base as aplicações à venda na Apple store e chegou à conclusão que cerca de 80% das vendas incidiram sobre aplicações que tinham como público-alvo crianças e jovens.

As aplicações têm um preço médio que varia entre os 0,99 e 1,99 dólares, demasiado baixo de acordo com os autores do texto e que não cobre os custos de produção associados aos ebooks-apps.

Via GoodEreader