O encontro do livro com o leitor é feito de diferentes formas, e com o desenvolvimento da Internet e das redes sociais essas formas diversificaram-se e complexificaram-se ainda mais.

Na última conferência TOC em Nova Iorque, Otis Chandler, diretor da Goodreads, uma comunidade de leitores com 7 milhões de utilizadores e 250 milhões resenhas de livros, explicou as diferentes formas pelas quais os leitores da Goodreads acedem aos livros.

Dos dados apresentados pela Goodreads, ressalta uma conclusão fundamental, e que é a importância da componente social, seja mediante recomendações automáticas seja por sugestões da rede de amigos.

Ora aqui está algo que, não sendo novidade para ninguém, deveria ajudar na conceção de modelos de comercialização, e  sobretudo (ideia que há muito defendo), na reformulação dos softwares de catalogação usados pelas bibliotecas, rumo a um verdadeiro OPAC (Online Public Access Catalog) social.

Fica aqui a apresentação completa de Otis Chandler usada na TOC.

Via Actualidad editorial