amazonbr

Depois de sucessivamente adiada, foi um pouco inesperadamente que abriu hoje ao público a loja brasileira da Amazon.

Depois de,  na semana passada, ter chegado a acordos com as editoras Companhia das Letras e Intrínseca, que se seguiu ao acordo com a DLD (Distribuidora de Livros Digitais), que reúne as editoras Sextante, Rocco, Objetiva, Record, Novo Conceito, LP&M e Planeta, a Amazon abriu finalmente a sua filial brasileira, com um vasto catálogo de títulos em língua portuguesa (13 mil) e a seu popular e-reader Kindle, que tem um preço de R$ 299.

Para lém do Kindle, os ebooks da Amazon podem ser lidos noutros dispositivos, mediante aplicações  iPhone, iPad, smartphones e tablets Android, PC e MAC, tornando possível ao usuário fazer a leitura de seus livros adquiridos múltiplos dispositivos.