A taxa de penetração dos smartphones em Portugal aumentou mais de sete pontos percentuais durante 2012, passando dos 25,8% registados em maio para os 32,5% em dezembro, segundo dados do Barómetro de Telecomunicações da Marktest.

smartph

As faixas etárias compreendidas entre os 15 e os 24 anos, assim como a faixa dos 25 aos 34 anos, são as que mais smartphones possuem. Com 25% de quota cada, as duas faixas representam 50% dos utilizadores portugueses de smartphones.

Contudo, verifica-se que o tipo de  utilização que é feita do smartphone não explora todas as potencialidades do aparelho, com a maioria dos utilizadores a responder que o utiliza para enviar e receber SMS (mais de 90%) e menos de metade referem a sua utilização para aceder à Internet (aquela que supostamente é a mais-valia de possuir um smartphone). O envio de email e as redes sociais registam taxas de utilização ainda mais baixas.

markt

A este cenário não será estranho o preço absurdamente alto da internet móvel em Portugal, que, ao contrário dos smartphones, praticamente não tem descido nos últimos anos.

Via Tek; gráficos: Marktest