20130517-124154.jpgDe acordo com um estudo do Fundo Nacional de Alfabetização do Reino Unido, que entrevistou cerca de 35 mil jovens, com idades entre os oito e os 16 anos, mais de metade das crianças afirmou que prefere ler em dispositivos eletrónicos e apenas 32 por cento prefere o papel.

Contudo, o mesmo estudo sublinha a importância da leitura em papel na consolidação de hábitos de leitura e na capacidade leitora.

Via TVI24
Imagem: Flickr