Notícia da Euronews sobre a decisão da  Barnes&Noble de abandonar o Nook a cores (apenas vai manter o Nook a preto e branco), depois de este ter registado uma queda das receitas de 34% e de ter feito duplicar os prejuízos anuais do grupo. O «hype» dos e-readers parece ter chegado ao fim e nos próximos tempos anuncia-se uma estabilização do mercado.