inespereiraTítulo: Auto de Inês Pereira

Autor: Gil Vicente

Edição: Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro

Coleção: Clássicos da Literatura

1.ª edição: novembro de 2013
«A seguinte farsa de folgar foi representada ao muito alto e mui poderoso rei D. João, o terceiro do nome em Portugal, no seu Convento de Tomar, era do Senhor de MDXXIII. O seu argumento é que porquanto duvidavam certos homens de bom saber se o Autor fazia de si mesmo estas obras, ou se furtava de outros autores, lhe deram este tema sobre que fizesse: segundo um exemplo comum que dizem: mais quero asno que me leve que cavalo que me derrube. E sobre este motivo se fez esta farsa.»

Anúncios