publico

O ano de 2013 confirmou em Portugal aquela que é a tendência em quase todo o mundo: pela primeira vez, a venda de smartphones ultrapassou a de telemóveis tradicionais. Dos 4,12 milhões de aparelhos enviados para as lojas, cerca de 2,13 milhões – correspondentes a 52% – foram smartphones, de acordo com informação da IDC divulgada hoje pelo jornal Público.
Os smartphones representam hoje um dos principais suportes de leitura, tanto de jornais e revistas, como de acesso às redes sociais. Ecrãs cada vez maiores tornam-no também um excelente disositivo de leitura, mediante apelicações próprias, como iBooks, BlueFire, Aldiko e Marvin.
Em Portugal, à semelhança do que acontece a nível mundial, o mercado dos smartphones é liderado pela Samsung, que tinha no terceiro trimestre de 2013 (os dados mais recentes da IDC) uma quota de 38%, com 215 mil unidades enviadas para as lojas. Em segundo lugar, surge a LG, com 16% (e que é a quarta maior fabricante a nível mundial), e em terceiro está a Apple, com 9% (segunda a nível mundial).
Imagem: jornal Público