educause

O ECAR (EDUCAUSE Center for Analysis and Research) publicou no final da semana passada o seu estudo “Study of Undergraduate Students and Information Technology, 2014″ (PDF, 50 pp), no qual colaboraram 213 instituições e 75 306 alunos.

Estas foram algumas das principais conclusões do estudo da EDUCAUSE:

  • A tecnologia está incorporada na vida dos alunos, e os alunos estão geralmente inclinados a usar e ter atitudes favoráveis ​​em relação a tecnologia. No entanto, a tecnologia só tem uma influência moderada no envolvimento ativo dos alunos em cursos específicos ou no estabelecimento de ligações com outros alunos e professores.
  • A utilização educativa da tecnologia por parte dos alunos é generalizada, mas não profunda. Eles estão particularmente interessados ​​em expandir o uso de algumas tecnologias específicas.
  • Muitos alunos usam dispositivos móveis para fins educativos. A sua utilização na sala de aula é mais provável quando os professores incentivam essa utilização; no entanto, tanto professores como alunos estão preocupados com o seu potencial de distração.
  • São cada vez mais os alunos que já experimentaram um ambiente de aprendizagem digital. A maioria diz que aprende melhor com uma combinação de trabalho online e presencial (blended learning).
  • A maioria dos alunos concorda com o uso institucional dos seus dados para aconselhamento sobre o progresso académico em cursos e programas. Muitas das funções analíticas que os alunos procuram já existem nos modernos LMS.

O estudos de 20132012 estão igualmente disponíveis.

Infográfico com os principais resultados do estudo: