Cidadania na era digital [infográfico]

1 Comentário


digital-citizen_infographic

Via http://www.iste.org

A importância da tipografia na leitura [infográfico]

Deixe um comentário


type

Via Digital Information World

Pedidos de ISBN deixam de ser gratuitos

Deixe um comentário


small__5547061128A partir de janeiro do próximo ano, os pedidos de ISBN para ebooks ou livros deixam de ser gratuitos.

No final deste ano, a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros ‐ APEL, Agência Nacional Portuguesa do ISBN, deixa de contar com o apoio financeiro da Secretaria de Estado da Cultura que, nos últimos anos, tem subsidiado uma parte dos custos operacionais da agência e tem permitido manter este serviço público gratuito.

Assim, a partir de 1 de janeiro de 2015, a atribuição de ISBN passa a ter um custo a partir de 15 € (+IVA) por número.

photo credit: vanherdehaage via photopin cc

Subscrição de ebooks da Amazon já disponível no Brasil

2 comentários


Kindle-Unlimited-BrasilO serviço de assinatura de ebooks da Amazon, Kindle Unlimited, já está disponível no Brasil.

Por um preço de R$ 19,90 mensais – o primeiro mês é gratuito –, o serviço de subscrição dá acesso a um catálogo com 700 mil e-books, 12 mil dos quais em português.
Lançado em julho nos EUA, o Kindle Unlimited foi depois alargado ao Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha, a que se juntam agora o Brasil e também a França.

Conferência «Educação na Era Digital» com transmissão online

Deixe um comentário


confA conferência «Education in the Digital Era» («Educação na Era Digital»), organizada pela Comissão Europeia em colaboração com a presidência italiana do Conselho da União Europeia, e que decorre amanhã em Bruxelas, será transmitida online. A conferência terá como temas:

  • Aumentar a qualidade e relevância da aprendizagem
  • Aumentar o impacto dos educadores
  • Corrigir as desigualdades através de um melhor acesso e menor custo

A discussão via twitter poderá ser acompanhada com a hashtag #EdDigEra.

Ebook gratuito: “Escrever para a rede”

Deixe um comentário


Image1Um conjunto de reflexões sobre a nova (e velha) escrita informativa online, disponibilizado gratuitamente pelo Gabinete de Comunicación y Educación da Facultad Ciencias de la Comunicación da Universidad Autónoma de Barcelona (UAB). Cerca de 40 colaboradores abordam uma vasta série de questões e problemas, que vão do jornalismo às redes de informação, passando pela narrativa, imagens, línguas, retórica, escrita, etc. Estudo coordenado pelos professores da UAB José Manuel Pérez Tornero e Santiago Tejedor.

Escribir para la red. Reflexiones sobre la nueva (y vieja) escritura informativa ‘online‘ (pdf, 306 pp., 4 MB).

Harry Potter regressa em 12 novas histórias digitais gratuitas

1 Comentário


hp

J.K. Rowling vai publicar, entre o dia 12 e o dia 23 de dezembro, no site site Pottermore, 12 novas histórias da saga Harry Potter.

As histórias, que começam a ser publicadas no próximo sábado ao ritmo de uma por dia, estarão disponíveis gratuitamente para os leitores registados no site, mas para aceder às mesmas é necessário resolver um enigma que é lançado juntamente com cada história.

Mas um passo na estratégia de gamificação da leitura que Rowling adoptou desde o lançamento do Pottermore e do Wonderbook.

O email perfeito [infográfico]

Deixe um comentário


Como escrever o email perfeito.
email

Via Digital information world

Capacidade de memorização do texto é igual no tablet e em papel

Deixe um comentário


medium_8433257547O conteúdo e a publicidade nas edições para tablet dos jornais são processados pelos leitores de forma semelhante à experiência de leitura em papel. Esta foi uma das conclusões de um estudo de neurociências independente encomendado pela News UK Commercial e pelas consultoras Neuro Insight e Decode Implicit Marketing, que descobriu que o conteúdo e a publicidade impressos e em tablet têm os mesmos níveis de engajamento e de memorização.
O estudo centrou-se na análise de ambas as edições (impressa e digital) do jornal britânico The Times (circulação de quase 396 mil cópias na versão impressa e 143 mil assinantes na sua edição para tablet) e concluiu que, embora o acesso do público à informação ocorra de uma forma ligeiramente diferente em cada um dos formatos (o tablet proporciona uma atenção visual mais imediata, por exemplo), a forma como o cérebro processa a informação é a mesma: o leitor experimenta o mesmo grau de codificação da memória (capacidade de armazenar e recuperar informações) em ambos os meios.

 photo credit: dianecordell via photopin cc

80 anos da «Mensagem» de Pessoa

Deixe um comentário


Comemoram-se hoje 80 anos da primeira edição de Mensagem, o único livro que Fernando Pessoa publicou ainda em vida (quase exatamente um ano antes da sua morte, a 30 de novembro do ano seguinte).

Esta primeira edição data pois de 1 de dezembro de 1934, e foi publicada pela Parceria António Maria Pereira, em Lisboa. A segunda edição ocorreria apenas em 1941, com correcções feitas por Pessoa à primeira edição.
A edição em ebook, adaptada à ortografia atual, pode ser encontrada aqui.