small__5547061128A partir de janeiro do próximo ano, os pedidos de ISBN para ebooks ou livros deixam de ser gratuitos.

No final deste ano, a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros ‐ APEL, Agência Nacional Portuguesa do ISBN, deixa de contar com o apoio financeiro da Secretaria de Estado da Cultura que, nos últimos anos, tem subsidiado uma parte dos custos operacionais da agência e tem permitido manter este serviço público gratuito.

Assim, a partir de 1 de janeiro de 2015, a atribuição de ISBN passa a ter um custo a partir de 15 € (+IVA) por número.

photo credit: vanherdehaage via photopin cc