De quantas páginas precisamos para imprimir a Internet?

Deixe o seu comentário


5530488320_b14bb6d3f7_zGeorge Harwood e Evangeline Walker, alunos da Universidade de Leicester em Inglaterra, fizeram uma estimativa de quantas páginas tamanho A4 seriam necessárias para imprimir a Internet, e o número a que chegaram são umas impressionantes 136 mil milhões de páginas, que empilhadas formariam uma torre com cerca de 13 km de altura.

Para obterem este número, os dois alunos começaram por calcular quantas páginas seriam necessárias para imprimir toda a versão em inglês da Wikipédia (mais de 70 milhões páginas) e em seguida extrapolaram esse número para incluir os cerca de 4500 milhões sites da internet.

George Harwood e Evangeline Walker estimaram ainda que o papel necessário para imprimir toda a internet implicaria o abate de 16 milhões de árvores…

Via Business Insider

Imagem: Dan Taylr

Kobo Aura vs Kobo Glo HD

Deixe o seu comentário


O Goodereader põe frente a frente dois dos modelos de e-reader da Kobo, numa análise detalhada em vídeo:

Ebook infantojuvenil gratuito: “Missão Impossível”

Deixe o seu comentário


missaoA Biblioteca Digital Fundação Jorge Álvares disponibilizou recentemente a versão ebook do livro Missão Impossível, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.

Partindo de uma garrafa de porcelana azul e branca da China encomendada por Jorge Álvares em 1552, de que a Fundação é proprietária e que pode ser vista no Museu do Centro Científico e Cultural de Macau, em Lisboa, as autoras desenvolvem no livro Missão Impossível, destinado essencialmente a alunos do 1.º e 2.º ciclos de ensino, uma aventura em que ressalta a vida de Jorge Álvares no Oriente naquela época, os seus amigos bem como as lendas e os animais míticos chineses.

Ebook disponível em formato pdf, epub e mobi.

As bibliotecas na era da Internet [vídeo]

Deixe o seu comentário


Um vídeo da série Commom Craft sobre as mudanças que a internet está a provocar no conceito de biblioteca.

Guia de Portugal da FCG em formato ebook

Deixe o seu comentário


guiaÉ apresentada amanhã em Lisboa a versão ebook do Guia de Portugal da Fundação Calouste Gulbenkian. Obra em cinco volumes com oito tomos, produzida entre 1924 e 1969, é, de acordo com o responsável inicial por este projeto, Raul Proença, simultaneamente um minucioso roteiro do país; um repertório artístico; uma obra de sólida literatura descritiva; uma antologia da nossa literatura pitoresca; um processo, um testemunho dos estrangeiros sobre Portugal; e, enfim uma bibliografia escolhida do que se tem escrito sobre o nosso.

Abundantemente ilustrada com mapas, plantas e gravuras, a obra teve a colaboração de alguns dos mais relevantes nomes da literatura portuguesa, como Miguel Torga, Jorge Dias, Aquilino, Jaime Cortesão, Reynaldo dos Santos, Diogo de Macedo, Teixeira de Pascoais, Vitorino Nemésio, Raul Brandão, Amorim Girão, Ferreira de Castro, Egas Moniz, Aarão de Lacerda, José Rodrigues Migueis, Montalvão Machado, Afonso Lopes Vieira, António Sérgio entre outros.

Imagem: FCG

Tribunal de Justiça da União Europeia trava descida do IVA nos ebooks

1 Comentário


9596170077_1f7c109c14_nO Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) determinou ontem que os ebooks devem estar sujeitos à taxa máxima do imposto sobre o valor acrescentado (IVA), não podendo usufruir da taxa reduzida como acontece com os livros em  papel,

Em janeiro de 2012, a França e o Luxemburgo haviam baixado o IVA sobre os ebooks (para 5,5% para 3%, respetivamente), aplicando-lhes a mesma taxa que incide sobre os livros em papel. A Comissão Europeia pediu então ao TJUE para analisar se essas medidas violavam a legislação europeia sobre o IVA, e a decisão foi conhecida esta quinta-feira. Os dois países têm agora um mês para aumentar para 20% a taxa aplicada aos ebooks.

Para o tribunal, os ebooks são considerados um serviço e não uma mercadoria e como tal não podem ser equiparados aos livros em papel.

 photo credit: Kindle and bookshelf via photopin (license)

Amazon Kindle Voyage vs Kobo Aura

Deixe o seu comentário


O Goodereader pôs frente a frente aqueles que são considerados os dois melhores e-readers da atualidade: o Kindle Voyage e Kobo Aura. Os resultados da comparação podem ser vistos neste vídeo:

Older Entries

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.249 outros seguidores