Votação «Os Melhores Romances Escritos em Língua Portuguesa»

1 Comentário


Banner

O Projeto Adamastor lançou uma votação para apurar «Os Melhores Romances Escritos em Língua Portuguesa». As regras de participação são simples:

  • Podem ser indicados quaisquer romances originalmente escritos em português.
  • Não serão considerados títulos de menor extensão, como contos ou novelas, assim como os casos cuja classificação é mais problemática, de que é exemplo O Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa.
  • Não existe qualquer restrição no que diz respeito ao número de obras por autor, isto é, podem ser indicados múltiplos romances escritos pelo mesmo autor.

Para participar basta preencher este formulário, indicando dez romances de autores lusófonos, por ordem de preferência, ordem essa que funcionará como principal ponderador no apuramento dos resultados finais.

A votação decorrerá até ao final do presente ano e os respectivos resultados serão anunciados em Janeiro de 2016.

Google dedica Doodle a Tolstoi

Deixe um comentário


imageA Google homenageia hoje mais um escritor com um dos seus famosos Doodles. Desta vez é o escritor russo Leão Tolstoi, cujo aniversário do nascimento  (1828) se comemora hoje. Autor de obras-primas da literatura como Guerra e Paz, Anna Karenina e A Morte de Ivan Ilitch, Tolstoi  morreu em 20 de novembro de 1910 e é um dos principais mestres da literatura russa do século XIX.

Revista “Blimunda” celebra os 90 Anos de José Saramago

Deixe um comentário


Já no seu sexto número, a revista digital da Fundação José Saramago veste a imagem dos 90 Anos de José Saramago e dedica o seu número de novembro ao Escritor.
Os conteúdos deste número são quase na íntegra dedicados ao Nobel português, pelos seus 90 Anos. O dossier central recebe textos de Harold Bloom, Mario Benedetti, Manuel Gusmão, James Wood, Luciana Stegagno Picchio, Carlos Fuentes, John Updike, Juan Cruz e Eduardo Lourenço, acompanhados pelas ilustrações que compõem a exposição que pode ser visitada na Casa dos Bicos, na Estação do Metro “Aeroporto” e na Biblioteca Municipal do Palácio das Galveias. Presentes neste dossier estão também as 90 Palavras, que nos foram enviadas por leitores de Saramago das mais diversas origens geográficas.

Na secção infantil e juvenil, Luísa Ducla Soares e Andreia Brites escrevem sobre a obra infantil de José Saramago, através de um percurso biográfico do Autor e de uma análise mais profunda à obra A Maior Flor do Mundo.

Para descarregar gratuitamente aqui.

Doodle de homenagem ao autor de “Drácula”

Deixe um comentário


A Google apresentou hoje mais um Doodle de homenagem a um escritor, desta vez o irlandês Bram Stoker, nascido há 165 anos na Irlanda. Stoker escreveu um total de 19 livros, mas o título que geralmente se associa ao seu nome é Drácula, personagem tornada famosa sobretudo após as suas sucessivas adaptações ao cinema e que é precisamente o tema deste Doodle. A  EbooksBrasil disponibiliza gratuitamente uma versão ebook de Drácula (pdf) em português.

    

    

Um doodle de homenagem a Moby Dick

Deixe um comentário


A Google volta a homenagear hoje mais um escritor com um dos seus populares doodles, desta vez por ocasião do 161.º aniversário da publicação da  obra-prima de Herman Melville, Moby Dick:

Booktailors apresenta Bookoffice

Deixe um comentário


A Booktailors apresentou hoje a Bookoffice, uma agência literária que pretende ser simultaneamente um sítio dedicado à literatura, um espaço de partilha entre autores e leitores. Entre os autores que integram a agência encontram-se Afonso Cruz, Carla Maia de Almeida, João Valente, Joel Neto, Luís Aguilar, Manuel Margarido, Paulo Galindro e Pedro Vieira.

Jennifer Egan publica conto no Twitter

Deixe um comentário


Primeiro tuíte do conto Black Box

A escritora norte-americana Jennifer Egan está a publicar no Twitter da revista norte-americana The New Yorker (@NYerFiction) um conto de ficção científica, intitulado Black Box. Com mais de oito mil palavras, a história começou a  ser tweetada no dia 25, e quem quiser poderá, além de via Twitter, acompanhá-la  na secção “Page-Turner” da revista The New Yorker, onde já se encontram 21 capítulos.

Posteriormente, o conto será publicado num número especial da revista The New Yorker dedicado à Ficção Científica.

Jennifer Egan recebeu o Prémio Pulitzer de ficção 2011 pelo seu romance A Visita do Brutamontes, publicado este ano  em português pela Quetzal.

Via Público

Vargas Llosa: “Escrever para os tablets banalizará a literatura”

3 comentários


O escritor peruano Mario Vargas Llosa acha que a literatura criada “diretamente para os tablets” pagará o mesmo preço que a televisão: cairá na “banalização e na frivolidade”.

“É um receio e oxalá que não se cumpra”, declarou quarta-feira Vargas Llosa na sua intervenção  no ciclo “El libro como universo”,  que a Biblioteca Nacional da Espanha organizou para comemorar seu terceiro centenário, celebrado neste ano.

São conhecidos os temores do mais recente prémio Nobel da Literatura face ao aparecimento de novos meios de produção e acesso à cultura. Deste clube  de inspiração ludista fazem parte,  além de Llosa, nomes como Umberto Eco e Jonathan Franzen. Curiosamente, literatura é a única área cultural onde a tecnologia é vista, por alguns dos seus mais eméritos representantes, apenas como uma ameaça e não como uma oportunidade.

Via El Universal

Imagem: Wikimedia

 

Ebook gratuito – Sonetos completos de Antero de Quental

1 Comentário


Para comemorar o 170.º aniversário do nascimento de Antero de Quental nada melhor do que ler a sua obra, neste caso a sua poesia. Sonetos completos é uma «coletânea de sonetos à qual Antero se referiu como “autobiografia de um pensamento” e “memórias de uma consciência” (“Carta autobiográfica dirigida ao Professor Wilhelm Storck”), traduzindo num percurso poético a evolução do indivíduo de um pessimismo metafísico (“O palácio da ventura”, “Nox”, “No turbilhão”, “Lacrimae rerum”, “A Germano Meireles”, a série “Elogio da morte”), marcado pelas doutrinas filosóficas de Hartmann e Schopenhauer, para um misticismo libertador (“À Virgem Santíssima”, “Transcendentalismo”, “Na mão de Deus”, “Salmo”), sustentado pelo hegelianismo: a ideia, que, para Hegel, é imanente à evolução do mundo, converte-se, na obra de Antero, no mistério divino. A expressão lírica do amor ideal (“Sonho oriental”, “Ideal”, “Idílio”) explica-se pela conceção do amor como essência metafísica da existência, possibilidade de realizar a perfeição (“Mors-Amor”, “Solemnia Verba”).
O volume inclui composições já constantes das recolhas Odes Modernas (1865) e primaveras Românticas (1872).»
(Sonetos Completos. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-04-18].
Disponível na www: .)
Disponível para Kindle e outros formatos.

 

Google homenageia Antero de Quental com um doodle

Deixe um comentário



Comemora-se hoje o 170.º aniversário do nascimento de Antero Tarquínio de Quental (Ponta Delgada, 18 de abril de 1842 — Ponta Delgada, 11 de setembro de 1891), um dos escritores e poetas portugueses mais importantes do século XIX. A Google homenageia hoje o autor português com um belíssimo doodle que inclui a seguinte citação do poeta: A Poesia é a confissão sincera do pensamento mais íntimo de uma idade»

Older Entries