União Europeia reconhece o direito de as bibliotecas digitalizarem obras para consulta interna

2 comentários


medium_4007784365

O advogado-geral da União Europeia (UE) confirmou esta quinta-feira o direito de as bibliotecas digitalizarem obras que façam parte da sua coleção para as colocarem à disposição dos utilizadores através de terminais destinados para o efeito.

O advogado esclareceu, no entanto, que o direito comunitário não permite aos utilizadores armazenar o livro digitalizado num dispositivo de memória USB e usar a cópia fora dos postos de leitura eletrónica. Nos próximos meses, o Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) deverá tomar a decisão final, que coincide com a opinião do letrado em 80% dos casos.

Via El País
photo credit: theunquietlibrary via photopin cc

ReCaptcha: ferramenta anti-spam ao serviço da digitalização de livros

Deixe um comentário


recaptchaO sistema ReCptacha –  ferramenta anti-spam que obriga a digitar palavras de uma imagem na internet para distinguir humanos de máquinas – está a ser utilizada para digitalizar livros. O projeto ReCaptcha, da autoria guatemalteco Luis von Ahn, pretende tirar partido dos milhões de palavras que os utilizadores diariamente digitalizam ao usar o sistema para melhorar o processo automático de digitalização de livros (OCR), corrigindo erros e melhorando a eficácia.

Saiba mais sobre este projeto neste vídeo TED:

E aqui

Via National Geographic Brasil

Smithsonian digitaliza coleção com tecnologia 3D

Deixe um comentário


3dO Smithonian, museu e instituto de investigação norte-americano, está a usar a tecnologia 3D-scanning para digitalizar a sua coleção. Ao todo, são 137 milhões de objetos que os técnicos do Smithsonian pretendem transformar em 3d e disponibilizar livremente online.

O vídeo abaixo mostra como a equipa a produzir uma cópia digital do barco Philadelphia de 1776 – a embarcação de combate mais antiga dos Estados Unidos.

Biblioteca Nacional de Portugal apresenta serviço de “digitalização a pedido”

Deixe um comentário


A Biblioteca Nacional anunciou hoje a sua adesão ao EOD – eBooks on Demand, um serviço de digitalização a pedido de livros completos que estão no domínio público.

A EOD é uma rede europeia de digitalização de obras de domínio público, lançada  em outubro de 2006, no âmbito do Projeto “Digitisation on Demand”, cofinanciado  pelo programa europeu eTEN, de apoio às redes transeuropeias de telecomunicações.

«Os utilizadores podem, a partir de qualquer parte do mundo, encomendar um livro eletrónico através dos catálogos das bibliotecas da rede EOD; as bibliotecas recebem o pedido e digitalizam a obra pretendida, enviando-a ao utilizador em formato Pdf. O livro digitalizado é posteriormente integrado nos repositórios digitais de cada biblioteca participante, ficando disponível na Internet.»

Via BNP

.

Site do projeto Europeana Newspapers já está online

Deixe um comentário


O Europeana Newspapers acaba de lançar seu site, onde é possível saber um pouco mais sobre o projeto. Apresentado em fevereiro, o Europeana Newspapers pretende, nos próximos três anos, disponibilizar gratuitamente online, na biblioteca digital europeia Europeana, uma vasta coleção de jornais que totalizará mais de 10 milhões de páginas. Lançado no âmbito do Programa-Quadro para a Competitividade e a Inovação (CIP) (2007-2013) da União Europeia, o projeto reúne um conjunto de 17 bibliotecas parceiras da Europa, entre as quais não se conta nenhuma portuguesa.

Europeana vai disponibilizar online 10 milhões de páginas de jornais

3 comentários


O projeto European Newspapers ambiciona, nos próximos três anos, disponibilizar gratuitamente online, na biblioteca digital europeia Europeana, uma vasta coleção de jornais que totalizará mais de 10 milhões de páginas. O European Newspapers, fundado no âmbito do Programa-Quadro para a Competitividade e a Inovação (CIP) (2007-2013) da União Europeia, reúne um conjunto de 17 bibliotecas parceiras da Europa  e e vai iniciar os seus trabalhos no início de março. O projeto é coordenado pela Berlin State Library.

Via libereurope

(photo credit: ShironekoEuro via photopin cc)

Biblioteca do Vaticano vai digitalizar 80 mil manuscritos com tecnologia da NASA

1 Comentário


A Biblioteca do Vaticano do Vaticano, uma das maiores bibliotecas do mundo, vai digitalizar 80 mil dos seus valiosos e raros manuscritos, usando para o efeito tecnologia desenvolvida pela agência aeroespacial norte-americana (NASA). De acordo com Monsignor Cesare Pasini, responsável pela Biblioteca, a primeira fase do processo, de grande complexidade, compreende a digitalização de 8 mil documentos. Prevê-se que que os primeiros documentos estejam disponíveis daqui a menos de um ano.

Mais informações na reportagem videográfica reproduzida abaixo:

Via TeleRead e Rome Reports

Older Entries