Porto Editora lança chancela digital

Deixe um comentário


CoolBooksO grupo Porto Editora lançou hoje a Coolbooks, uma chancela digital que tem como principal objetivo a edição de novos autores portugueses. Exclusivamente digital, a Coolbooks oferece para já sete títulos de ficção, que abarcam diversos géneros, como romance, conto, policial, literatura erótica ou de terror, e com preços que vão de 2,99 a 8,99 euros.

Ebook gratuito sobre edição e leitura digital

1 Comentário


cover-numTítulo: Lire+Écrire. Un livre numérique sur l’édition, la lecture et l’écriture en réseau
Autores: Obra coletiva
Publicação : 15/03/2014
Língua : Francês
Edtor : publie.net
ISBN : 978-2-8145-0778-4

[lire+écrire] é um livro digital sobre o livro digital, que articula reflexões sob o ponto de vista do designer, artista, professor-pesquisador, bibliotecário-jurista , mediador do livro e crítico literário ) e “receitas”  práticas.

Este trabalho coletivo nasceu reuniões, reflexões e práticas do ciclo e do blogue [[lire+écrire]] digital projetado e animado em 2013 por Catherine Lenoble Guénaël Boutouillet.

Distribuído gratuitamente sob licença Creative Commons.
Índice:
CYCLE: Éditorial
PRÉFACE: [lire+écrire] numérique, un récit en étoile
WEB: Histoire(s) du web
COPIE: Copier/Donner
CRÉATION: Littératures numériques : ouvroir
LIVRE: Livre numérique. Et le texte flux
VEILLE: Lire, écrire et partager en numérique
POST: Maintenant le livre

Webinar sobre novas tendências em edição e leitura eletrónica

Deixe um comentário


webinarsbad

A BAD – associação portuguesa de bibliotecários, arquivistas e documentalistas – realiza amanhã mais um dos seus webinars, desta vez sobre novas tendências em edição e leitura eletrónica, dinamizado  por José António Cordón, da Universidade de Salamanca.

Com a duração de uma hora, o webinar faz parte das atividades do Grupo de Trabalho da BAD de Bibliotecas do Ensino Superior, decorre entre as 21h30 e as 22h30 e está aberto ao público mediante inscrição prévia (que tem um preço de 10 euros mas é gratuita para os associados BAD).

Novas tendências em edição e leitura eletrónica: o futuro imediato [apresentação]

Deixe um comentário


Apresentação de José Antonio Cordón García, da Universidade de Salamanca.

A explosão da edição digital [infográfico]

Deixe um comentário


The Digital Publishing Explosion

Browse more infographics.

Fim da versão em papel do dicionário Macmillan

Deixe um comentário


O ano de 2012 tem sido pródigo em transições para o digital: depois da Enciclopédia Britânica e da revista Newsweek, entre vários outros exemplos, chegou a vez do dicionário Macmillan. Foi hoje anunciado que o famoso dicionário deixará de se publicar em papel e passará a disponibilizar apenas uma versão em linha.

Jornais, revistas, dicionários e enciclopédias serão os primeiros media a completar a transição para o digital, muito antes do final da década.

 

“Uma Cultura da Informação para o Universo Digital” de J.A. Furtado

Deixe um comentário


Vai ser apresentado hoje em Lisboa um novo livro de José Afonso Furtado,  Uma Cultura da Informação para o Universo Digital, uma edição da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

J.A. Furtado foi  presidente do Instituto do Livro e das Bibliotecas e diretor Biblioteca de Arte da Fundação Gulbenkian, e é um dos maiores especialistas portugueses na área dos ebooks e da edição digital. É autor de um outro título sobre esta temática, O Papel e o Pixel. editado pela Ariadne em 2007).

Uma Cultura da Informação para o Universo Digital será apresentado pelo sociólogo António Firmino da Costa no El Corte Inglés, às 18h30.

O fim da ‘Newsweek’ em papel

Deixe um comentário


Em mais um episódio da inexorável transição para o digital, a revista Newsweek, um dos ícones do jornalismo mundial, anunciou que em 31 dezembro deste ano publicará o seu último número em papel e que, a partir de janeiro de 2013, apenas estará disponível a versão digital paga. O decréscimo no número de exemplares vendidos foi fatal para a revista norte americana que começou a publicar-se em 1933, e que, à semelhança de outros títulos da imprensa mundial, mantém apenas a versão digital, acompanhando a tendência da leitura de notícias que aqui divulgámos ontem.

Via USA Today
photo credit: aetches via photopin cc

Edição digital aumentou 43% em Espanha

Deixe um comentário


De acordo com o relatório El sector del libro en España 2010-2012, publicado pelo Observatorio de la Lectura y el Libro, a edição digital em Espanha cresceu 43,2% em 2011, enquanto a edição em papel teve um decréscimo de 4,2%.

Nos primeiros seis meses de 2012, essa tendência acentuou-se, sendo que nesse período 21,6% dos registos catalogados pela Agência do ISBN corresponderam a livros em formato digital.

A percentagem de leitores digitais também cresceu,de 48,6%  no início de 2010 para 52,7% em finais de 2011.

Outro dado interessante relativo a 2011, no que diz respeito à venda de ebooks, foi a diminuição do volume de comércio  através de plataformas específicas e um aumento da venda direta pelas próprias editoras.

Cronologia da edição digital (1912-2012)

Deixe um comentário


O site Dosdoce começa o ano de 2012 com a disponibilização de um novo estudo, desta vez uma «Cronologia da edição digital (1912-2012)», um guia para entender melhor a rápida evolução que está a acontecer na recente, mas intensa, história da edição digital.
O estudo (27 páginas, pdf) está disponível gratuitamente, mediante uma licença Creative Commons, para os utilizadores registados no Dosdoce.

Older Entries