Ebooks e vendas online ultrapassam lojas físicas nos EUA

Deixe um comentário


small__3394121594Um estudo da BookStats, divulgado pelo Engagdet, avança que as vendas online e os ebooks geraram, nos EUA, uma receita de  7540 milhões de dólares em 2013, enquanto as vendas em lojas físicas ficaram pelos 7120 milhões. A venda de ebooks aumentou 10% entre 2012 e 2013, embora os lucros não tenham registado um aumento semelhante, o que poderá ter ficado a dever-se a uma diminuição de preços.

 photo credit: jblyberg via photopin cc

Ebooks autopublicados dominam listas de bestsellers

Deixe um comentário


selpub

Os autores autopublicados continuam em grande no mercado norte-americano de ebooks. Depois das Big Five (as cinco maiores editoras), a autopublicação é quem mais ebooks vende, confirmando uma tendência dos últimos anos.

Em 2013, os ebooks autopublicados representaram, em média, 27% do top 100 semanal da Amazon.

Via GoodEreader

Dois terços das crianças são leitores digitais

Deixe um comentário


frequency-of-e-readingDe acordo com o o estudo «The Kids + E-Reading Trends 2012 to 2013» (realizado pela  PlayCollective e Digital Book World), 67% das crianças norte-americanas menores de 13 anos são leitores de ebooks, o que representa um crescimento de 54%,  relativamente a um estudo similar do ano anterior.

Mais informações aqui.

Nos EUA, o mercado de ebooks deverá ultrapassar o de livros físicos em 2017

Deixe um comentário


No seu relatório anual “Entertainment & Media Outlook,” [acesso pago] lançado esta quarta-feira, analistas da PwC (PricewaterhouseCoopers) preveem que o mercado de ebooks norte-americano  representará, em 2017, 8200 milhões de euros, ultrapassando o mercado de livros em papel, que não cessará de diminuir nos próximos anos.

O mercado de ebooks representa atualmente cerca de 1/4 do mercado editorial nos EUA.

Ebooks já representam quase 23% do mercado editorial norte-americano

Deixe um comentário


mercadoDe acordo com a Association of American Publishers (AAP), a venda de ebooks nos EUA, em 2012, gerou uma receita receita de 1,54 mil milhões de dólares. O valor equivale a 22,55% dos $ 7,1 mil milhões de dólares de vendas do mercado editorial.

O mercado de ebooks norte-americano cresceu de 0,05% em 2002 para 0,50% em 2006, atingindo 1,18% em 2008.  A partir do ano seguinte o crescimento foi assinalável:  3,17% em 2009,  16,98% em 2011 e  os já citados 22.55% em 2012.

O género mais vendido, no formato ebook, foi o de livros para adultos (ficção e não ficção, com um crescimento de 5,6% em relação ao ano anterior), mas o que registou maior crescimento foi o de ebooks para crianças e jovens, com mais 13,1% do que em 2012.