Leitura de ebooks em tablets: Kindle Fire domina

Deixe o seu comentário


BN-CD704_201403_G_20140331093051

Desde o seu aparecimento, que os tablets são muito usados em atividades de leitura, seja a leitura de email, de notícias, de redes sociais ou de ebooks. Relativamente a esta última categoria, o Kindle Fire destaca-se da concorrência. De acordo com um estudo da Statista para o para The Wall Street Journal, o tablet da Amazon é usado por mais de dois terços dos utilizadores para leitura de ebooks, muito à frente dos seus concorrentes diretos iPad e Galaxy.

A explicação para este facto deverá residir no facto de o Kindle Fire ser comercializado por aquela que á a maior livraria online do mundo.

Maioria dos alunos quer manuais escolares digitais nos tablets

Deixe o seu comentário


Um estudo recente da Nielsen revela que 71% dose alunos que possui um tablet gostaria de ter acesso a manuais escolares digitais no seu dispositivo.
Quanto à utilização educativa dos tablets, a atividade preferida pelos alunos é a pesquisa na internet, logo seguida do email e da leitura de ebooks, como se pode ver pelo seguinte gráfico.

Em todo o mundo, são cada vez mais as escolas que estão a adotar tablets em substituição dos manuais escolares em papel.

20130910-133328.jpg

Tablets não substituem todo o papel [vídeo]

Deixe o seu comentário


Há alguns tipos de papel que os tablets não poderão substituir. Descubra no final do vídeo.

Via Ebookfriendly

Tablets em destaque no Mobile World Congress

Deixe o seu comentário


wmc

O Mobile World Congress, que se iniciou hoje em Barcelona, tem como principais estrelas as novas propostas de tablets dos principais fabricantes mundiais.

A Samsung anunciou, como já se esperava, o seu  novo Galaxy Note, um pequeno mas poderoso tablet de 8 polegadas (resolução de 1280×800, processador quad-core Samsung Exynos de 1.6GHz, 2GB de RAM), para competir com iPad mini.

A  Sony, por seu lado,  deu a conhecer o Xperia Tablet Z, com ecrã de 10 polegadas e apenas apenas 6,5 milímetros de espessura, anunciado como o tablet mais fino do mundo.

Durante os quatro dias do congresso são esperadas mais novidades neste segmento do mobile.

Os tablets podem substituir os professores? [infográfico]

1 Comentário


Can Tablets Take the Place of Teachers?
Via BachelorsDegreeOnline

Tablets de 7 polegadas – iPad Mini e concorrência

Deixe o seu comentário


O lançamento do iPad Mini significou a entrada de um concorrente de peso no segmento dos tablets de pequena dimensão (7 polegadas), um mercado até agora dominado pela Amazon, a Nook e a Google. Esta tabela compara as principais características de cada um desses modelos:

iPad Mini Kindle Fire HD Nook HD Google Nexus 7
Preços a partir de $329 $199 $199 $199
Capacidade 16GB 16GB 8GB 16GB
Resolução 1024×768 (163ppi) 1280×800 (216ppi) 1440×900 (243ppi) 1280×800 (216ppi)
Ecrã 7.9″ 7″ 7″ 7″
Processador Dual-Core A5 1.2GHz Dual Core TI 1.3GHz Dual Core 1.2 GHz Quad-Core Tegra 3
Câmara Front Facing HD

iSight Camera 5MP

Front Facing HD  Não Front Facing HD
WiFi 802.11 b/g/n Dual WiFi + MIMO 802.11 b/g/n 802.11 b/g/n
Bateria 10 horas 11 horas 10,5 horas 8 horas
Peso 308 g 394 g 314 g 340 g
Ligação Lightning USB USB USB
Espessura 0,71 cm
1,02 cm
1,09 cm 1,04 cm
Memória expansível Não Não Sim Não

iPad encolhe de tamanho mas não no preço, e o novo iPad é descontinuado

Deixe o seu comentário


Como se esperava, a Apple anunciou ontem o iPad mini, com um ecrã  de 7,9″ e a mesma resolução do iPad 2 (1024 x 768). Lançado para competir com equipamentos como o Kindle Fire HD e o Nexus 7, o pequeno tablet da Apple tem preços a partir dos 329 dólares, muito acima dos 200 dólares da concorrência. Curiosamente, as ações da Apple caíram após o anúncio do iPad mini, talvez devido ao elevado custo do equipamento, que alguns analistas esperavam que fosse mais baixo (embora se saiba que o preço nunca fez parte da estratégia de mercado da Apple).  O pequeno iPad chega a Portugal no dia 2 de novembro.

As novidades da Apple não se ficaram por aqui. Foi anunciada a 4.ª versão do iPad, que substitui o iPad 3 (que a Apple designara de novo iPad e fora lançado há apenas meia dúzia de meses), e que terá como novidades o processador AX6, câmara frontal HD e o novo conector que já equipa o iPhone 5. Foi ainda anunciada  uma atualização do iBooks (passa a suportar 3d, vídeo embebido e  multi touch) e o novo MacBook Pro de 13 polegadas com ecrã Retina.

Dispositivos móveis e leitura de notícias [infográfico]

Deixe o seu comentário


Um interessante infográfico acerca do extraordinário crescimento dos dispositivos móveis de acesso à web (tablets e smartphones)  e seu impacto na leitura (sobretudo de notícias, mas não só).

O infográfico foi produzido a partir dos dados obtidos no estudo The Future Of Mobile News, realizado pelo Pew Research Center’s Project for Excellence in Journalism (PEJ) em colaboração com o The Economist Group.

Barnes & Noble lança novos tablets de baixo custo

Deixe o seu comentário


O segmento de tablets de baixo custo parece tornar-se cada vez mais apetecível para as empresas tecnológicas. Depois de a  Amazon anunciar os seus novos Kindle Fire, a Barnes & Noble responde com dois modelos do  tablet Nook, um de 7 e outro 9 polegadas.

O Nook HD é o modelo mais pequeno, com um ecrã de 1440 x 900 pixels,  1GB de RAM, 8GB/16GB de memória interna e leitor de cartões Micro-SD. Vem equipado com o processador Dual-Core OMAP 4470 da Texas Instruments a 1.3Ghz. O modelo de 8GB custa $200 e a versão de 16GB, $230.

O Nook HD+ tem um ecrã um pouco maior (9 polegadas com 1920 x 1080 pixels), processador de 1,6 Ghz e preços  de $270 para a versão de 16GB e $300$ para a versão de 32GB.

O sistema operativo deverá ser uma versão alterada do Android 4.0 ICS com acesso direto à Nook Store ( loja online da Barnes & Noble). Ambos os dispositivos têm uma autonomia de cerca de 10h.

Embora só comecem a ser entregues a partir de 1 de novembro, ambos os modelos podem já ser pré-encomendados no site da Nook.

Um terço dos utilizadores usa o tablet para ler ebooks

Deixe o seu comentário


Um inquérito da Gartner revela a crescente importância dos tablets em atividades de leitura, com mais de 50 por cento dos utilizadores inquiridos a afirmarem que preferem ler notícias, revistas e livros no ecrã do tablet, em vez de o fazer nas versões em papel. Cerca de um terço usa o tablet para ler ebooks.

O estudo foi feito no final de 2011 nos EUA, Reino Unido e Austrália e conclui que entre as atividades que estão a migrar rapidamente do PC para o tablet se inclui o email (81%), a leitura de notícias (69%) e a consulta da previsão meteorológica (63%), com 62% dos utilizadores a usar ainda os tablets para aceder às redes sociais e 60% a fazê-lo para jogar.
photo credit: Johan Larsson via photo pin cc

Entradas anteriores

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.914 outros seguidores