Editora alemã lança campanha de angariação de fundos para imprimir a Wikipédia

Deixe um comentário


wikiA editora alemã PediaPress lançou uma campanha no site de financiamento coletivo Indiegogo para imprimir os mais de quatro milhões de artigos da Wikipedia em inglês, em mil livros de 1200 páginas cada um.

A campanha pretende reunir um total de 50 mil dólares para concretizar o projeto, que além dos custos de impressão, prevê ainda a construção de uma estante de 10 metros de comprimento e 2,5 metros de altura, para expor os livros por ocasião da conferência Wikimania 2014, que se realiza em agosto em Londres.

Mais informções sobre o projeto aqui.

Anúncios

Wikipedia vai passar a incluir áudio

Deixe um comentário


small_4381121155A mais conhecida enciclopédia online vai passar a incluir registos áudio nas suas entradas de texto.

O Wikipedia Voice Into Project (WikiVIP) pretende adicionar, a alguns dos artigos da wikipedia, pequenos ficheiros de audio gravados com a voz do autor do artigo ou do biografado, no caso de biografias de personalidades vivas.

Um  exemplo desta nova funcionalidade pode ser visto na página da Wikipédia inglesa sobre Stephen Fry (ator, argumentista, apresentador de televisão, cineasta e comediante britânico), cujo registo sonoro está disponível no resumo bográfico da coluna da direita.
photo credit: Aural Asia via photopin cc

Wikipédia Mobile atinge 3 mil milhões de visitas mensais

Deixe um comentário


Mobile_Milestone_Chart_-_3_billion_page_views_v2

A Wikipédia Mobile, versão para dispositivos móveis da mais famosa enciclopédia online, atingiu em janeiro a marca de 3 mil milhões de “page views”, representando já 14,4% dos acessos totais à Wikipédia.

O acesso móvel, de acordo com a Wikimedia, cresceu 75% em 2012, enquanto o acesso a partir de computadores fixos cresceu apenas 20%.

Via Infodocket

 

 

Como fazer um ebook de um artigo da Wikipedia

Deixe um comentário


A Wikimedia anunciou ontem uma nova funcionalidade da Wikipedia que permite criar um ebook a partir dos artigos da famosa enciclopédia, através de uma ferramenta designada Book Creator.

O modo de funcionamento é muito simples. Basta escolher no menu do lado esquerdo a opção «Print/export» e depois «Create a book». Seguidamente, clica-se em Book creator (imagem da esquerda). A partir daqui cada artigo passa a ter no topo a opção «Add this page to your book». Quando adicionar todos os artigos pretendidos, basta clicar em «Show book», atribuir-lhe um título e subtítulo e fazer o download do mesmo num dos formatos disponíveis (ePub, PDF, OpenDocument). É também possível encomendar uma versão impressa do mesmo.
Por enquanto, o Book creator apenas se encontra disponível na versão inglesa da Wikipedia, mas presume-se que seja alargada às versões internacionais da enciclopédia.

Wikipédia móvel no Android

Deixe um comentário


A Wikimedia, detentora da Wikipédia, acabou de lançar uma aplicação gratuita para dispositivos Android.

Uma das principais novidades desta aplicação é a possibilidade de  poder guardar artigos para ler depois ou offline, e a função “Busca nas proximidades”, um sistema de geolocalização que  exibe um mapa com os locais nas proximidades para os quais a Wikipédia tem artigo.

Wikipédia encerrada em protesto contra lei antipirataria

2 comentários


"Imagine um mundo sem conhecimento livre". A página inglesa da Wikipédia explica a campanha, defendendo uma internet livre.

A versão inglesa da Wikipédia encontra-se hoje, quarta-feira, encerrada em  protesto contra projetos de lei antipirataria  em discussão nos Estados Unidos.

Conhecidos como SOPA e PIPA (iniciais da sua designação oficial – “Stop Online Piracy Act” e “Protect Intellectual Property Act”), os projetos de lei são sobretudo apoiados pelos maiores grupos e empresas dependentes de direitos de autor, como a Motion Picture Association of America, a Recording Industry Association of America, a Sony Pictures Entertainment e a Time Warner, entre outras.  Contra os projetos estão as empresas da Internet como o Facebook, Twitter, Google, Yahoo, LinkedIn, Mozilla, Wikimedia, Zynga, Amazon e eBay e também organizações de direitos humanos, como Repórteres Sem Fronteiras e Human Rights Watch.

Milhares de sites associaram-se ao protesto (o Google americano, por exemplo, apresenta a mensagem  “Diga ao Congresso: por favor, não censure a web”, com um link para assinatura de uma petição contra os projetos de lei), mas a iniciativa mais visível até agora foi esta protagonizado pela Wikipédia, de encerrar o seu site inglês durante 24 horas.

Lembramos que se esta legislação for aprovada, as empresas criadoras de conteúdos podem, com relativa facilidade, obter do tribunal uma ordem  para obrigar os portais ou redes sociais que alojam sites com conteúdo não autorizado a removerem esse conteúdo, e até motores de busca, como o Google, ficam obrigados a não apresentar links para sites fora dos EUA com conteúdos piratas, sob pena de encerramento da página ou até cinco anos de prisão para os prevaricadores.

 

The State of Wikipedia – nos 10 anos da mais famosa enciclopédia

1 Comentário


Um vídeo produzido pela agência criativa JESS3:

Older Entries